28 de fevereiro de 2019

Serviços

ELIMINAÇÃO DE INSETOS E ROEDORES NOCIVOS.

Insetos Rasteiros – (baratas, traças, pulgas, carrapatos, percevejo, lacraias, formigas e os aracnídeos: aranhas e escorpiões) – Utiliza-se na aplicação, produtos de ação imediata com residual prolongado, aplicador de pressão e bico pulverizador anexado à mesma, com formulação especifica para cada vetor, variando também na forma de aplicação e obedecendo com rigor todas as técnicas ditadas para sua segurança e preservação do meio ambiente.

Insetos Alados – (moscas, mosquitos, borrachudos) – Aplicação de produtos de ação imediata abrangendo todo o local a ser tratado, aplicado de forma espacial em micropartículas (fumaça) atomizador, nebulizador, pulverizador ou fog (fumacê). Esta metodologia de aplicação tem como objetivo a eliminação de formas adultas, sendo que nos casos de larvas, a aplicação se dá diretamente nos criadouros naturais como: águas empoçadas, canaletas para escoamento de águas pluviais e etc…., denominados controle larvário

Roedores Nocivos Norvegicus – (ratazanas), Rattus – Rattus (rato de telhado) ou Mus – Mus-cullus (camundongo). São aplicados raticidas especiais associados a cumarina e bromadiolone, que tem o poder de elimina-los pelo método de dessecamento. Após uma única ingestão do produto os roedores são eliminados, pois os princípios ativos mencionados evitam a coagulação sanguínea, evitando assim possíveis odores desagradáveis. Os tratamentos variam para casa espécie, como também pode se utilizar os alimentos consumidos nos ataques, juntamente com os raticidas, variando de acordo com a espécie a ser combatida.

Cupins – Os CUPINS são insetos sociais, que vivem em colônias com até centenas de milhares de indivíduos. As colônias são compostas por castas (grupos de indivíduos com funções especificas). Existem pelo menos dois tipos de cupins: os SUBTERRANEOS e os cupins de MADEIRA SECA.
Os cupins subterrâneos são os que causam os maiores prejuízos. Usando certas estratégias de ataque e construindo pequenos túneis, podem atravessar paredes de tijolos, blocos ou concreto e ao atingir fontes de alimentação são vorazes. A busca se dá ao acaso, investindo em varias direções, de forma continua. Mesmo após terem encontrado uma fonte abundante de alimentação, continuarão a procurar outras mais.
De milhares de indivíduos, alguns deles invadirão sua residência e atrairão os outros indivíduos, alguns deles invadirão sua residência e atrairão os outros indivíduos da colônia para iniciar o ataque e destruir todo o seu patrimônio.
Os CUPINS consomem as peças de Madeira de dentro para fora, os SUBTERRÂNEOS são sensíveis a luz e ao ambiente sem a proteção construída por eles (pequenos túneis). Por isso, é muito comum que os ataque só sejam percebidos tarde demais, quando os prejuízos já são enormes ou às vezes irreversíveis. As características e os hábitos dos cupins fazem com que sua residência seja um perfeito alvo para sua próxima refeição.

Tratamento de Repelência para Pombos – Utilizamos para este fim produtos de formulação especifica, que devido a sua substancia pegajosa transmite aos pássaros uma sensação de perigo o que é transmitido aos outros, os levando a abandonar imediatamente a área. Não possuem cheiro, não mancham e tem total resistência, durabilidade e tempo de vida útil de ate 01 (um) ano, mesmo sendo aplicados a baixas ou altas temperaturas e ate mesmo sob chuva, alem de não comprometer a saúde e bem – estar de pessoas, animais domésticos, bem como o Meio Ambiente e o Equilíbrio Ecológico.

FAÇA LIMPEZA DE RESERVATÓRIOS D’ÁGUA

Objetivo da Limpeza: Beber, cozinhar, lavar louças, verduras, frutas e outros alimentos, etc… Tendo a certeza de que esta fazendo tudo isso com águas limpas, livres de microorganismos (fungos, vermes) que podem causar doenças a você e toda a sua família.

A Limpeza de Cisternas e Reservatórios de Água Consiste em: Escoamento de toda água do reservatório, utilizando bomba de sucção submersível, começando sempre pela cisterna para evitar falta d’água – limpeza das paredes, tetos e pisos esfregando – as com escovas de cerdas arredondadas preservando a camada impermeável existente – limpeza total e retirada de lama dos reservatórios. Enxágüe dos reservatórios com utilização de água, espumas e panos limpos, com assepsia dos mesmos.

Densifecção por hipoclorito de Sódio para eliminação de cargas orgânicas.

CERTIFICADO DE ANÁLISE BACTERIOLÓGICA

Conforme INEA UN 015556/556.121: Limpeza é obrigatória a cada 6 (seis) meses ou sempre que houver risco de contaminação.